Saiba a importância da tecnologia na educação e no Ensino à Distância (EAD)

De acordo com a consultoria educacional Atmã Educar, em 2019, o número de alunos inscritos nos cursos de graduação na modalidade EAD ultrapassou o de matriculados em cursos presenciais no Brasil.

Isso se deve, em grande parte, ao investimento em tecnologia na educação. Aliás, os avanços tecnológicos têm promovido grandes transformações nessa área, colocando os alunos como protagonistas no processo de aprendizagem.

Durante a pandemia, isso ficou ainda mais evidente. O número de matrículas para cursos EAD aumentou em 50%. Se as facilidades do ensino a distância têm atraído você, mas ainda está com dúvidas sobre a qualidade da formação, não se preocupe.

Ricardo Werlang, professor e coordenador do Núcleo de Educação a Distância da UCEFF Faculdades, vai falar mais sobre o assunto para você fazer uma escolha tranquila. Então vamos lá!

A importância da tecnologia para a educação
A utilização das tecnologias de informação e comunicação (TICs) na educação já é um fenômeno que vem acontecendo há muitos anos.

Até o início de 2020 — quando as instituições foram praticamente obrigadas a adotar o ensino remoto emergencial devido à crise do COVID-19 — a tecnologia na educação era utilizada apenas em alguns modelos e metodologias de ensino-aprendizagem como um diferencial. Muitas vezes, se limitava a atrair a atenção dos alunos.

Ricardo explica que, após a crise, as instituições de ensino foram obrigadas a utilizá-las para possibilitar a continuidade do ensino de qualidade por meio de salas de aulas digitais e de modelos híbridos de ensino.

“Um dos maiores diferenciais da utilização das TICs na educação é a possibilidade de evidenciar a aprendizagem dos estudantes quase que em tempo real, permitindo ao professor adequar suas aulas de acordo com as necessidades dos alunos”, avalia o professor.

De que forma a tecnologia está presente no ensino
“Existem inúmeras tecnologias educacionais que facilitam o aprendizado dos alunos. Entre elas, podemos destacar os ambientes virtuais de aprendizagem (AVAs), como o Moodle, o Google Sala de Aula e outros”, inicia Ricardo.

“Esses AVAs permitem a criação de turmas e dispõem de um espaço virtual que possibilita que os alunos tenham acesso a objetos de aprendizagem distintos, como vídeos, e-books, exercícios e outros”, complementa a explicação.

Destacamos, ainda, as ferramentas de webconferência. Essa tecnologia é fundamental para suportar o modelo de ensino híbrido — ou seja, que mescla o ensino EAD e presencial — ou remoto (a distância). Consideramos como as mais populares o Google Meet e o Zoom.

Sobre esse assunto, o professor e coordenador finaliza:

“Além dessas, podemos destacar inúmeras outras tecnologias que auxiliam aos professores a deixarem suas aulas mais ativas, como o Socrative, o Kahoot, as ferramentas de colaboração do Google (documentos, planilhas, apresentações) e muitas outras”.

Os benefícios da tecnologia no EAD
Ricardo é enfático: “Em certos casos, a tecnologia possibilita que a educação aconteça. Em outros, potencializa o processo de ensino-aprendizagem”.

O professor explica que a tecnologia permitiu que a educação não se limitasse mais apenas dentro do espaço da sala de aula tradicional.

“Por meio de seus celulares e de uma conexão de internet, os alunos e professores têm acesso a uma intimidade de informações, de uma forma instantânea. As barreiras de comunicação entre os alunos de uma turma e seus professores foram expandidas”, enfatiza.

Ele completa dizendo que novos modelos de ensino foram possibilitados e facilitados, como modelos híbridos de sala de aula invertida e rotação por estação, que aumentam o engajamento e a aprendizagem dos estudantes.

Os cursos que são oferecidos na modalidade EAD da UCEFF
Desde 2019, a UCEFF oferta cursos no modelo EAD, semipresencial e híbrido. “Os cursos da modalidade EAD, como Pedagogia, Processos Gerenciais, Ciências Contábeis e Administração, são ofertados em uma formato totalmente online”, revela Ricardo.

Ele faz questão de destacar que a UCEFF tem plena consciência de que os alunos EAD muitas vezes não têm tempo para encontros presenciais ou moram longe das Unidades da UCEFF. Logo, esses são os modelos que permitem mais flexibilidade e autonomia aos estudantes.

Ricardo aproveita o assunto para falar um pouco sobre os cursos híbridos: “os cursos semipresenciais e híbridos, por sua vez, possuem entre um a três encontros presenciais por semana, e são destinados a estudantes que buscam um meio termo entre valor de mensalidade, flexibilidade e, sempre que possível, presença”.

Entre os cursos nessa modalidade, além dos cursos da modalidade EAD já mencionados pelo professor, a UCEFF destaca:

Análise e Desenvolvimento de Sistemas;
Arquitetura;
Biomedicina;
Engenharia de Produção;
Engenharia Mecânica;
Estética e Cosmética;
Fisioterapia;
Nutrição;
Quiropraxia;
Redes de Computadores;
Sistemas de Informação.
Lembrando que, após a graduação, você pode investir na pós EAD, híbrida ou presencial. A qualidade do ensino do curso de pós da UCEFF é a mesma do que a dos cursos de graduação.

Veja algumas opções:

MBA Controladoria de Finanças e Gestão Tributária;
MBA Executivo em Gestão de Pessoas;
MBA Gestão de Projetos com Metodologias Ágeis;
MBA Inteligência Comercial e Relacionamento;
MBA Liderança Executiva Empresarial;
Pós em Engenharia de Produção e Lean Thinking;
Pós-Graduação em Auditoria, Perícia e Licenciamento Ambiental;
Pós-Graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho.
Muitas oportunidades bacanas de construir carreira, não acha?

A nossa dica mais valiosa para iniciar os estudos
“Hoje os estudantes conseguem escolher a instituição e os cursos a distância de acordo com suas preferências, considerando os valores das mensalidades, o modelo de ensino, os professores, as tecnologias educacionais à disposição e outros fatores”, reafirma Ricardo.

A dica valiosa do professor para escolher o curso e a faculdade é pesquisar e experimentar algum curso EAD e só depois tirar suas conclusões.

“Na minha visão, as vantagens dos cursos EAD são enormes. Quanto ao aproveitamento, depende muito da dedicação do estudante”, finaliza.

A tecnologia na educação é muito mais do que uma tendência, já é uma realidade. As pessoas compreenderam, aprenderam a estudar a distância e atestaram na prática as vantagens e desafios desse modelo. Mesmo com o final da pandemia, fica a certeza de que os serviços educacionais online e híbridos terão sua qualidade cada vez mais elevada.

Posts Similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *